Crie um site e tenha a empresa do tamanho que você quiser!

A base para um bom marketing digital é sua empresa crie um site adequado

crescer-a-empresa

Se você tem uma empresa a pouco tempo ou ela está estagnada, invista criação de um bom site e veja o retorno desse investimento crescer rapidamente. Dispute de igual para igual com as empresas maiores e tradicionais.

A Internet é a ferramenta ideal para o empreendedor alcançar, ou até mesmo superar, o patamar competitivo dos seus concorrentes, proporcionando grandes oportunidades de negócios, seja em relação as  vendas de produtos ou prestações de serviços. Por meio desse investimento âncora de marketing digital, você terá a chance de abrir as portas de seu negócio para o mundo, pois ao criar um site na internet, potenciais consumidores poderão ter acesso as informações dos seus produtos ou serviços em qualquer lugar que ele esteja, além de facilitar a você, em uma venda não presencial, como por telefone, mostrar todo o potencial da empresa.

Além disso, você poderá manter um canal direto com o seus clientes disponibilizando informações sobre promoções e lançamentos de novos produtos, contribuindo para a melhoria da exposição e contato com a marca, resultando em mais vendas e lucro para sua empresa.

A marca da empresa e seu marketing digital

É importante criar uma marca forte desde o começo. Na maioria dos casos de pequenas e médias empresas, a principal dificuldade enfrentada é conseguir novos clientes. Por melhor que seja o produto ou serviço oferecido, de nada adianta se ninguém o conhece. Portanto, a criação de um site é uma estratégia de grande relevância para atração e realização de negócios, proporcionando igualdade e inserindo a pequena e média empresa no páreo na disputa pelo mercado com seu concorrente.

“Faça como os grandes, invista em marketing digital!”

Dicas para dar os primeiros passos na internet:

– Descubra se o nome do site, ou  seja, o seu domínio, está liberado para registro no site registro.br. Para isso, basta colocar o nome do site que você quer e a ferramenta informará se está disponível ou não para registro;

– Contrate uma hospedagem nacional, porém fuja de portais grandes como Terra, Uol e Yahoo. Esse é só mais um negócio para eles. De preferência para fornecedores especializados em hospedagem, tais como Locaweb e a Red Host;

– Crie um site super básico: Veja com quem desenvolveu sua identidade visual, se ele faz uma página com: logo + telefone + endereço. Isso não é nada complicado, ele conseguirá;

– O item acima é só um paliativo. Contrate um fornecedor de site o mais rápido possível e crie um site top.

Criar um site não é fácil, assim, separamos algumas dicas que você deve levar em conta, para contratar um agência de criação de sites e ter resultados:

– Faça o orçamento com pelo menos 3 empresas que desenvolvem sites. Veja em quanto tempo eles lhe respondem a sua proposta. Geralmente, quem enrola nessa fase irá fazer isso em todas as outras;

– Veja se elas utilizam ferramentas open source. Dê preferência pelos que utilizam o WordPress como base do gerenciador de conteúdo. Já explicamos o motivo de utilizar o WordPress no post WordPress: Praticidade na atualização do seu site;

– Não deixe seu site ser feito por um sobrinho ou amador. Isso vai mais te prejudicar do que lhe ajudar;

– Procure saber se seu desenvolvedor vai fazer o SEO do site para ele não sofrer de “miopia digital”. Isso ajudará muito sua empresa na posição frente as ferramentas de busca, tais como Google, Yahoo e Bing. Saiba mais sobre a importância do SEO frente aos motores de busca no post Miopia Digital: Livre o seu site desse mal e apareça melhor no Google;

– Procure no portfólio do seu fornecedor de website quem são os clientes dele. Ligue para eles e peça referência do seu fornecedor. Se quiser acessar nosso portfólio, clique aqui;

– Veja se no contrato prevê alterações e ajustes. Eles vão aparecer depois do site ser publicado e for utilizado. Confira quantas vezes e/ou por quanto tempo tais operações ficaram vigentes. Programadores não gostam de alterar projetos já publicados ou cobram valores absurdos por tais práticas;

– Não fique preso em um contrato de páginas limitadas, posts limitados, etc. Busquem quem lhe ofereça uma solução;

– Compartilhamento em mídias sociais e layouts que se ajustam a várias telas como mobile hoje é padrão, não um diferencial;

– Não deixe de construir uma sessão em seu  site com blog ou um sistema de notícias. O Google vê com bons olhos quem utiliza a prática de ter pelo menos uma notícia por mês em seus sites. Tais notícias também funcionam como motivos velados para contactar seus clientes por email e nas mídias sociais;

– Opte por fornecedores que tem profissionais de comunicação na equipe, afinal, são eles os profissionais mais indicados para trabalhar uma peça publicitária;

– Se você não entender o que o fornecedor está lhe oferecendo, não contrate;

– Relacione seu site a sua identidade visual e estratégias de marketing da empresa;

– Por fim, veja se o fornecedor poderá lhe ajudar no segundo passo, ou seja, possa lhe oferecer ferramentas de divulgação on line, off line, marketing digital, etc. Será que ele vai poder lhe ajudar a fazer uma campanha de Marketing Digital, tais como: AdWords, Facebook Ads, Email Marketing, Marketing de Conteúdo, etc?

Para as empresas, depender da sorte dá medo. Essa insegurança provém da falta de informação, por isso estude, reveja e se atualize. Vale a pena investir aqui, afinal, na internet, sua empresa terá o tamanho que você quiser!

Url reduzida:  http://bit.ly/1hkftH6

 

Compartilhe!

Esse Post tem 1 Comentário

Deixe uma resposta

Fechar Menu